10 cidades mais subestimadas do mundo

Excluindo o lado sentimental, isso é um descuido que não podemos admitir. Estes lugares são excelentes para se viver, defendidas por seus moradores como centros criativos, e valem muito mais do que um simples ponto de trânsito.

Queens, Nova York, Estados Unidos

Oficialmente, Queens é uma parte de New York City, ou seja, uma cidade dentro de outra cidade, mas este conselho tem uma população de 2,3 milhões de euros e quase se qualifica como uma cidade em si. Talvez falta o brilho e glamour do Manhattan, primeiro porto de chamada para os visitantes, mas é um dos lugares mais diversos do planeta. Mais de 170 línguas e dialetos são falados no bairro, que segundo moradores “é como ir ao redor do mundo, sem nunca sair do local”.

Queen -New York A "city" within a city.

Queen -New York A “city” within a city.

Primeira parada? Jackson Heights um bairro subcontinental. É o lugar especializado em trajes indianos e jóias de ouro e concentra diversos restaurantes asiáticos. Aqui se encontra também a casa do segundo maior Chinatown em Nova York, além do predomínio do jazz jamaicano..

Outros divertidas “obrigações” devem incluir uma visita ao Museu da Imagem em Movimento e o bar Bohemian & Beer Garden – um descontraído boteco, que serve cerveja checa e alimentos, com música ao vivo – ótimo lugar para relaxar nos meses mais quentes. O bar é gerenciado por Cidadãos Bohemian “Sociedade Beneficente de Astoria , uma organização fraterna dedicada à educação e preservação das comunidades Checa e Eslovaca na área.

Bergen, Norway

Enquanto A própria Noruega tende a não estar no radar da maioria dos fabricantes de férias, não é surpreendente que Bergen ficasse esquecida, o que é uma pena, pois a cidade, cercada por montanhas é a porta de entrada para os fiordes da Noruega. Esta cidade bonita, na costa oeste é o destino ideal para uma pausa que vai tentar até mesmo amantes inveterados da natureza.

Bergen - Noruega

Bergen – Noruega

Pelos padrões europeus é uma cidade compacta, e seus moradores estão orgulhosos do charme de Bergen; uma cidade pequena e com uma atmosfera tranquila. As atrações incluem o velho bairro de Bryggen, um Património Mundial pela UNESCO , com ruelas pitorescas e edifícios do porto.

Os amantes da música serão atraídos para o A Edvard Grieg Museum, que foi a casa do compositor mais famoso da Noruega, enquanto que os consumidores de alimentos vão querer farejar o Mercado de Peixe de Bergen.

Centro de Bergen / by  arrodeio.wordpress.

Centro de Bergen / by arrodeio.wordpress.

Há também a opção de pegar um funicular até o topo da montanha Floien para apreciar a vista da cidade ou desfrutar de uma seleção de caminhadas em trilhas bem marcadas.

San Juan, Puerto Rico

San Juan - Porto Rico

San Juan – Porto Rico

Muitos dizem que a capital não tem muito a oferecer, a não ser suas deslumbrantes praias e região costeiras, incluindo os (fosforescente) bioluminescentes Bays e a Mata El Yunque; mas na verdade, eles não poderiam estar mais errados. Há a dramática El Morro Fortaleza, acima do mar, e as charmosas ruas calcetadas de Old San Juan, com seus prédios coloniais espanhóis do século 16 e 17 mas a cidade também está passando por uma renovação: novos hotéis chiques, boates da moda, boutiques, discotecas (regras de salsa aqui), galerias de arte, urbanização sofisticada e muita coisa para aguçar o apetite: para começar, há o recém-renovado Museu de Arte, com artistas de Porto Rico, em dois hectares de jardim e teatro.

Os noctívagos vão adorar elegante hotel The Water Club, com suas cachoeiras, azul iluminadas salas, bares, restaurantes e decoração minimalista, e o Café Nyuorican, que possui uma orquestra de salsa ao vivo. E se você for meia-noite, no restaurante Tantra vai encontrar pratos da culinária Latino-hindu, ao sabor de curry.

Darwin, Australia

Muitas vezes ela aparece na sombra da metrópole icônica Sydney, porém Darwin é uma agradável cidade de clima tropical e muita vibração, distando apenas quatro horas de avião de Cingapura, e dois de Bali.

A tradicional guia Larrakia administrada por seu proprietário, Robbie Mills, oferece passeios culturais pela esplanada da cidade. Aqui você vai aprender sobre a história e cultura aborígine, tucker mato e plantas.

Darwin Austrália

Darwin Austrália

Mindil Beach tem alguns grandes mercados ao ar livre, aberto de Abril a Outubro, a partir do pôr do sol até tarde. Aqui você encontrará uma variedade de barracas de comida que servem pratos global e artesanato da arte indígena à cerâmica. Há batidas ao vivo também. Cruzeiros do porto e, se você é fã do falecido Steve Irwin, o Cage of Death – uma gaiola de visão submarina crocodilo – em Crocosaurus Cove, também fazem parte da diversão.

Mindil Markets -Darwin - Austrália

Mindil Markets -Darwin – Austrália

Isfahan, Iran

Isfahan é um dos grandes tesouros do Irã, incrivelmente elegante, situado no sopé das montanhas Zagros. Sua atração principal vai para Imam Square, uma das maiores praças do mundo, e dominada pelo complexo da mesquita Imam que olha para Meca – mas é a mesquita menor Lotfollah Sheik com a sua cúpula impressionante que silencia visitantes.

Isfahan  Iran

Isfahan Iran

Um passeio ao longo do rio Zayandeh pela bela ponte Khaju no Irã pode ser romântico.

Ao lado da praça há o bazar coberto, ótimo local para comprar miniaturas, azulejos decorativos e chaikhanas. Há também diversas casas de chá, que oferecem cervejas frescas e tubos com sabor shisha.

No hotel cinco estrelas Abbasie, ao anoitecer não há nada melhor do que provar um café no pátio ou tomar chá no salão deste hotel que no passado foi um *caravansarie. O hotel é uma atração na cidade que é movida por shakes e que estão bem afiados para praticar o Inglês com turistas que são raros em seu meio .A menção final vai para o rio Zayandeh e sua requintadamente bonita, ponte arqueada Khaju.* lugar adequados para armazenamento de mercadorias e trocas comerciais.

Lisboa, Portugal

Quando se trata de cidades europeias, os turistas costumam olhar para Paris ou Roma. Mas Lisboa é, sem dúvida um lugar característico. Ladeada por belas praias quase desertas, a idade se torna uma boa alternativa para o Algarve turístico. Lisboaé a casa da Gulbenkian, um dos grandes museus do mundo (em grande parte desconhecido) que abrigam uma coleção de arte egípcia, romano, islâmica asiática e europeia. A Torre de Belém, um marco icônico da cidade.

Lisboa - Portugal

Lisboa – Portugal

Todo o romance de Paris, sem agressão

Portugal é conhecido pela confecção do macio Pastel de Nata. Então, se você está atrás do melhor pastel de nata aproveite para prová-lo na Antiga Confeitaria de Belém que mantém uma receita de 170 anos que originalmente foram preparados doces para serem vendido na estrada do Mosteiro dos Jerônimos.

Glasgow, Escócia

Viajantes que vão para o norte de Londres com muita freqüência querem conhecer a tão adorada Edimburgo, capital da Escócia; no entanto Glasgow, é sem dúvida a melhor cena de música na Grã-Bretanha (londrinos também podem disputar este título). Glasgow tem dezenas de clubes e salas de concerto, incluindo o Barrowland,que abriga todos os tipos de atos. O local é grande e agradável. Aqui há muitas coisas para àqueles que não procuram apenas diversões: para as famílias, há o Centro de Ciência, e as coleções de objetos antigos no Zaha Hadid projetado Riverside Museum – que tem de tudo, inclusive brinquedos infantis motorizados.

Glasgow - Escócia

Glasgow – Escócia

Boa música à espera de ser descoberto

Se você está procurando botas de montaria, nesta cidade encontrará com certeza, pois aqui tem algumas das melhores lojas fora de Londres.

Hoi An, Vietnã

Tecnicamente não é uma cidade, mas este lugar a beira-mar na costa central do Vietnã já no passado tradicional cidade portuária. Vale a pena mencionar que sua herança encantadora é um contraste com a atraente Hanói ( capital do Vietnã) que tem pontos turísticos bem agitados.

Este porto conhecido por sua arquitetura histórica, conserva sua forma original, sendo um misto a de japoneses,vietnamitas e chineses com estilo europeu. Visitantes elogiam suas lanternas de contos de fadas e a seda vietnamita .

Hoi An é lugar certo se você está pensando em renovar o seu guarda-roupa. Há diversas alfaiatarias personalizadas nesta cidade.

Hoi An  - Vietnã

Hoi An – Vietnã

O tipo de táxi especialque você só pode encontrar no Vietnã.

A projetada ponte japonesa, os antigos canais e galerias, além da comida de rua com suas especialidades locais, incluindo os bolinhos de frutos do mar “Rosa branca” – fazem esta cidade se tornar memorável. Você pode aprender a cozinhar os bolinhos no Secret Garden, um restaurante de classe que funciona com música ao vivo.

Onde ficar? Tente o Swish Nam Hai Hotel, a 7 km da costa da praia em Ha Mai. O hotel oferece serviço de traslado para a cidade e está situado em local com paisagem exuberante e natureza intocável.

Hoi An - Vietnam

Hoi An – Vietnam

Calgary – Canadá

A porta de entrada do Canadá para as Montanhas Rochosas é muitas vezes vista pouco além de um ponto de partida no aeroporto. Mas ela é uma cidade especial com uma herança própria dos cowboys e atualmente é uma das que mais crescem entre as cidades do Canadá. No inverno, Chamas da equipes de hóquei rugem em ação em Calgary , enquanto no Verão, o seu lugar é tomado pelos aclamados heróis do futebol local, Stampeders Calgary e o Calgary Stampede – um dos melhores da América do Norte em eventos esportivos.

Calgary - Canadá

Calgary – Canadá

Se você é mais atuante do que observador, o parque olímpico oferece “esqui sazonal”, ‘tirolesa ‘e “mountain bike”.

Calgary é também a casa do Museu Glenbow, que abriga a maior coleção de arte e artefatos que documentam a história e a cultura do oeste do Canadá.

A cidade está crescendo no cenário da alimentação, principalmente em Fast food . No Mercado dos Lavradores você pode encontrar especialidades como alces e bisões ou pegar uma torta na tenda Fazenda Saskatoon Berry.

Durban, África do Sul

Vista como insegura, não é de surpreender que a cidade, na costa leste do País, não é exatamente primeiro porto de escala para os visitantes. Mas, em grande parte graças à sua passagem recente como sede da Copa do Mundo, o número de turistas está em alta. Moradores elogiam sol da cidade durante todo o ano na vibrante e cosmopolita Durban.

Durban - Uma cidade com sol o ano inteiro.

Durban – Uma cidade com sol o ano inteiro

Entre as cidades, Durban é o lar da maior concentração de índios do lado de fora do subcontinente e é também uma mistura de culturas africanas e europeias.

Ondas gigantes de suas amigáveis praias douradas atraem os amantes do surf. Muitos templos e mesquitas (incluindo a bela – e lindamente nomeado – Hare Krishna Temple of Understanding) o uShaka Marine World Theme Park, e do mamute estilo art deco , além do Casino do sol, que funciona como um shopping center e tem uma praia privativa nos fundos.

Especialidade local é o Coelho Chow – um pão escavado recheado com curry quente curry.

Fonte: CNN Travel

Dê sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos Viajar Juntos!

Junte-se a mais de 8,000 leitores inteligentes e receba nossas dicas imperdíveis para viajar pelo mundo. (é grátis)!