Seguro Viagem ou Assistência Viagem?

Depois da onda de frio que atingiu os EUA, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil está orientando os brasileiros a contratar um seguro viagem quando forem ao exterior. Preparamos este post para saber que você saiba qual o melhor seguro viagem para ter um passeio mais tranquilo.

Antes de tudo é preciso levar em consideração que um bom seguro viagem deve oferecer com obrigatoriedade, proteção para riscos de morte acidental e invalidez permanente, e proteção total ou parcial por acidente, durante o período da contratação; além destas, outras despesas podem ser incluídas como despesas médicas, hospitalares, odontológicas, diárias por atraso de voos, e ressarcimento de valores por perdas ou roubo de bagagens.

Qual o melhor seguro viagem?

O melhor seguro viagem é aquele que dá prioridade a estes pontos:

Cobertura de Assistência Médica: Quanto maior a cobertura melhor o atendimento que você terá, caso tenha problemas de saúde durante sua viagem, e pra quem viaja com criança ou idoso, este é um ponto que não pode ser descuidado.

O Seguro Bagagem também é outro fator que deve ser levado em consideração em um bom seguro de viagem. Como há muitas ocorrências de perdas de bagagens durante os voos nos últimos anos, é bom investir muito nesta área para não correr o risco de perder tudo que levou e mais o que comprou no passeio.

O seguro de Assistência Odontológica fica geralmente em segundo plano, mas é bom prevenir pra não ter que passar por uma dor de dente imprevisível, e que no fundo pode detonar com seu passeio.

Qual a diferença de Seguro Viagem e Assistência Viagem?

Muitos ficam em dúvida sobre o que é melhor? Adquirir uma apólice de “Seguro Viagem “ ou  “Assistência Viagem?

Vejamos a diferença:

Uma apólice de Seguro Viagem dá direito ao reembolso dos gastos que você teve que gastar com imprevistos com saúde, ou bagagem; já uma apólice de Assistência viagem proporciona maior segurança na hora do imprevisto, ou seja, você terá hospital e médicos credenciado à sua disposição e não precisará desembolsar nada durante uma consulta ou internação, caso precise. O único ponto negativo é que esta apólice é um pouco mais cara, mas vale a pena investir na sua segurança; sem esquecer que aos brasileiros que viajam para a Europa é obrigatório um destes seguros.

Uma boa dica é ler atentamente o contrato para saber o que se está contratando, e ficar por dentro de seus direitos e obrigações, para evitar futuros problemas.

Dê sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos Viajar Juntos!

Junte-se a mais de 8,000 leitores inteligentes e receba nossas dicas imperdíveis para viajar pelo mundo. (é grátis)!