Tailândia, pontos turísticos de um paraíso na Ásia

A Tailândia, um pequeno paraíso na Ásia, é tão rico culturalmente que vai provocar em você  sensações nunca antes imagináveis; e além de ser um paraíso turístico, Tailândia é também um dos pilares do desenvolvimento econômico na Ásia. Sua população ao redor de  63 milhões, divide-se entre quatro aéreas: o norte montanhoso e selvático, Bangkok e as planícies férteis do centro, o planalto semi árido do nordeste e a zona sul com paisagens variadas e grande quantidades de praias tropicais e ilhas paradisíacas.

A amabilidade tailandesa é consagrada, sendo sua marca principal a acolhida aos visitantes,  que são recebidos com alegria, músicas e danças; e o que tem de bom é que os brasileiros não precisam de  visto de entrada, e o tempo de permanência liberado é de 3 meses , mas não podem entrar sem vacina contra febre amarela.

Mulher tailandesa - Chiang Mai

Mulher tailandesa – Chiang Mai

Neste post você vai ficar por dentro  dos melhores locais para desfrutar do que há de melhor na  sua viagem dos sonhos; um passeio que deve começar por  Banckoc , a capital e maior cidade da Tailândia  seno o centro político, comercial, industrial e cultural do país. Com uma população estimada em 15 milhões de habitantes, Banckoc é um misto das etnias predominantes da Ásia; e apesar de ser habitada por tailandeses, chineses e malasios, a segunda língua mais falada  depois do idioma Tai é o Inglês.

Bangkok - Tailândia

Bangkok – Tailândia

O trânsito em Banckoc é bastante movimentado e muitas vezes se torna caótico, mas o visitante não fica perdido, pois há placas de sinalização em toda parte. Uma ótima opção é contratar o serviço de táxi da cidade ou  agências turísticas que disponibilizam de Van equipada com ár condicionado para enfrentar o excessivo calor ( em torno de 27º à  40º ) da cidade de Banckoc. Os táxis são super práticos e acessíveis no preçoe o serviço de Van com guia é bem recomendável e inclusive algumas agências tem guias que falam Português e Espanhol. Outro excelente serviço de transporte em Banckoc é o Skytrem. Ambiente limpo, comarr condicionado, e o que é melhor ; o preço é muito acessível e você pode perambular por toda Banckoc através deste transporte.

Tuc tuc( táxi ) Banckoc - Tailândia

Tuc tuc( táxi ) Banckoc – Tailândia

Táxis coloridos no trânsito em Banckoc - Tailândia

Táxis coloridos no trânsito em Banckoc – Tailândia

Em Banckoc há muitos locais interessantes para se conhecer, e  sem dúvida de que  os mais procurados são os templos budistas que estão localizados principalmente na cidade velha. São mais de 400 templos espalhados pela cidade; todos considerados sagrados, e geralmente ostentam exuberantes estátuas, como a do “Templo do Buda Deitado”  (Wat Pho), e a suntuosa estátua do “Templo do Buda de Esmeralda” (Wat Phra Kaew), considerado o templo budista mais importante da Tailândia. Outros templos que não podem ficar de fora  são  o Templo do Amanhecer (Wat Arun), o Templo do Monte Dourado, e também o impressionante “Wat Traimit “, que acolhe o Buda de Ouro.Veja mais sobre os templos e palácios de Banckoc no nosso post ”  Palácios Templos de Banckoc”.

O “Templo do Tigre” é outro local muito apreciado, onde homens e tigres convivem pacificamente; e o ” Campo de elefantes ‘ é uma atração alegre e divertida, onde o turista pode  participar do banho com elefantes.

Templo do Tigre - Banckoc

Templo do Tigre – Banckoc

Com uma população  praticamente de jovens ( 70% ) da população com menos de 30 anos; Banckoc é uma cidade superpovoada, e anualmente aumenta o número de jovens em Banckoc devidoà chegada de turistas que visitam a cidade para participar de seus eventos e acabam sendo atraídos pelo lugar.

Não muito distante de Banckoc há outros lugares que não podem ficar de fora do roteiro, e um deles é  ” Ayutthaya “, a antiga capital da Tailândia ( a 85 km de Banckoc). Ayutthaya é uma cidade histórica, que restou só as ruínas mas que encanta ao visitante. O Mercado do Trem“, também chamado de Mercado da Morte, ( à 70 km de Banckoc), é o único lugar no mundo em que o trem passa em meio a uma feira com dezenas de barracas de frutas e diversos produtos. Para visitar  estes locais há várias opções de transporte que podem ser desde os barcos pelo Rio Chao Oprahya, ônibus, ou vans das Agências de Turismo.

Ayutthaya  -  Tailândia

Ayutthaya – Tailândia

E para provar as deliciosas iguarias da cozinha tailandesa, nada melhor do que perambular pelos mercados de rua. Na Tailândia, come-se bem e por baixo preço nestes lugares, mas também existem muitos restaurantes sofisticados onde a comida é vendida pelo mesmo preço dos  melhores restaurantes europeus.

Mercado de rua em Banckoc - Tailândia

Mercado de rua em Banckoc – Tailândia

Os tailandeses como nenhum outro povo sabe combinar de forma especial as cores e os sabores  com exotismo e criatividade o que fez com que se tornasem uma referência a nível mundial em gastronomia, mas é preciso precaução porque a comida é bem condimentada. O Hotel Mandarim Oriental, considerado  o melhor restaurante tailandes da cidade, destaca-se pela comida deliciosa e sua charmosa decoração ambiente.

Hotel Mandarim Oriental - Banckoc

Hotel Mandarim Oriental – Banckoc

 

Banckoc se divide em duas zonas, a antiga que abriga os palácios e templos milenares, e a Banckoc moderna onde estão os grandes edifícios, hotéis e centros comerciais. Ambas oferecem diversos  locais muito interessantes para visitar como o “Grande Palácio“, a Jim Thompson House, onde residiu um inglês que morou na Tailândia. Na Jim Thompson House se encontra de quase tudo para comprar, desde móveis, tecidos, acessórios e outras coisas interessantes. Na Jim Thompon House o cliente pode apreciar a confecção manual do fio de seda. O Bar Sirocco, é como se fosse um jardim a  céu aberto no 64º andar de um prédio; o ambiente muito agradável permite uma  maravilhosa vista em 270º de Banckoc e do rio  Chao OPhraya.

Jim Thompson House - Banckoc

Jim Thompson House – Banckoc

Bar Sirocco - Banckoc - Tailândia

Bar Sirocco – Banckoc – Tailândia

E por falar em  vida noturna; em Banckoc há muitas opções que tornam sua noite  bem sofisticada e ideal para negócios. Os tailandeses costumam beber todos os dias e não apenas nos finais de semana. Ao final da tarde é hora de se reunir com amigos, e um dos locais mais procurados é  Khao San Road,  a rua mais famosa de Bangkok. Aqui tudo acontece, e você encontra de tudo para comprar, e até relaxar com as massagens realizadas ao ar livre, tudo por preços irrisórios. Uma massagem em geral custa em torno de 3 a 4 dólares, e é possível degustar comida típica por menos de 3 dólares. À noite a San Road é bem agitada, com música bem excessiva. Quem não curte muito movimento é bom procurar hotéis longe da Khao San Road.

Khao San Road - Banckoc

Khao San Road – Banckoc

A presença de mais de 400 templos em Banckoc acentua o domínio do Budismo introduzida no país há 2.300 anos e que desde então tornou-se a principal religião do país, praticada por cerca de 95% da população. Em todo canto da cidade foram construídos diversos locais de adoração, inclusive em praças e edifícios públicos. Veja mais no nosso post: Turismo em Bangkok: Palácios e Templos Budistas .

Templo de la Aurora- Wat Arum  - Banckoc

Templo de la Aurora- Wat Arum – Banckoc

Na cidade, uma boa parte do comércio é movimentado pelos canais; onde os barcos são o meio de transporte mais utilizado. No mercado flutuante, é possível comprar deste a alimentação  preparada às margens do rio, à peças em artesanatos local. O mais famoso mercado flutuante,  o “Damnoen Saduak está localizado à 100 km de Banckoc.

Damnoen Saduak - Mercado flutuante  - Tailândia

Damnoen Saduak – Mercado flutuante – Tailândia

A Festa do Rei em dezembro é um evento que atrai muitos turistas à capital, que  fica tomada pela multidão. As ruas de Banckoc são todas decoradas, e à noite é realizado um show de luzes que forma um espetáculo muito lindo. Na tailândia a Monarquia atual é muito apreciada pelo povo porque garantiu o equilíbrio político e social no país que sofreu mudanças radicais devido a seu crescente processo de industrialização e  abertura ao turismo internacional. O Rei Bhumibol Adulyadej ” é o monarca que está há mais tempo no poder em todo o mundo ( 66 ) e completará 86 anos em dezembro.

Festa do Rei - Banckoc / Tailândia

Festa do Rei – Banckoc / Tailândia

Sukhotai, atual sítio histórico arqueológico, foi a primeira capital da Tailândia (antes de Ayutthaya ). AtualmenteSukhotai guarda ruínas dos templos budistas que marcam a época em que o Budismo se converteu na religião do estado. Neste local há muitos templos, sendo um lugar  ideal para passeios e pique-niques, devido a beleza natural que ostenta ao seu redor

Parque Histórico de Sukkottai - Tailândia

Parque Histórico de Sukkottai – Tailândia

Ao norte de Banckoc, está outro lugar imperdível de se conhecer – Chanthanburi- o maior centro de processamento  industrial e comercial de pedras preciosas. Neste local é possível comprar jóias lindíssimas a preço bem acessível.

De Banckoc ainda há a possiblidade de dar uma esticada no roteiro e  visitar Phuket; a ilha das  maravilhosas praias de águas mornas e límpidas. De avião a viagem demora pouco menos de uma hora.  De Phuket você leva uma hora de barco até às ilhas Ko Phi Phi, e à praia Maya Bay , cenário do filme ” A praia”, outro passeio imperdível para  desfrutar destas ilhas paradisíacas na província de Krabi. A ilha Ko Samui; repleta de palmeiras também é um local super agradável, com resorts com imensa variedades de bêngalos com belíssimos jardins. Todas as ilhas tem ótimas opções de hotéis, bares com pousadas e resorts desde os mais simples até os mais requintados. Você vai querer ficar perdido neste paraíso asiático. O ideal é ficar no mínimo 3 dias para aproveitar melhor.

Phi Phi Island - Tailândia

Phi Phi Island – Tailândia

Por Jucelaine Viegas/ Licenciada em Letras

Confira mais imagens na galeria.

Dê sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos Viajar Juntos!

Junte-se a mais de 8,000 leitores inteligentes e receba nossas dicas imperdíveis para viajar pelo mundo. (é grátis)!