Tóquio em 1º lugar no ranking das 20 melhores cidades do mundo

Com economia forte e dotada de alta tecnologia, a capital japonesa ficou em primeiro lugar, seguida por Londres e Nova York, em novo ranking divulgado pela IESE; nenhuma cidade latino-americana aparece entre as top 20

Tóquio foi considerada a melhor cidade do mundo, em um ranking divulgado pela IESE – Escola de Administração e Negócios da Espanha, uma das mais reconhecidas do mundo. Das 20 melhores cidades globais, 10 são europeias, seis americanas, três asiáticas e uma da Oceania. Além disso, a Suíça é o país com os melhores resultados gerais, com três de suas cidades aparecendo entre as top 10.

A IESE lançou a edição 2014 de seu tradicional ranking com as vinte melhores cidades do mundo, as chamadas “smartest cities” (cidades mais inteligentes) – levando em consideração níveis de inovação, sustentabilidade e qualidade de vida. Este ano, a capital japonesa ficou em primeiro lugar por ter sido muito bem avaliada em quesitos como gestão pública, tecnologia, economia e habilidade para atrair talentos de fora para o país.

Tokio - Japão - Getti imagesTokio - Japão - Getti images

Tokio – Japão – Getti images

A lista contém também vários casos paradoxais. Por exemplo, Tóquio é a melhor para o “capital humano”, mas fica em 20º lugar em termos de “meio ambiente” e 125º para “coesão social”. Outra destaque foi Barcelona, na Espanha, que registrou o maior progresso, saltando do 63º para 51º lugar, em apenas dois anos, de acordo com a IESE.

Além do ranking, o estudo concluiu que as mudanças no desenvolvimento das cidades têm ocorrido vagarosamente, que a cidade perfeita não existe e que não há uma “receita mágica” ou modelo único de sucesso.

Para estabelecer o ranking, os pesquisadores estudaram 135 cidades em 55 países. Na base das comparações, estão 50 indicadores em 10 diferentes áreas que incluem, entre outras, política, planejamento urbano, tecnologia, coesão econômica, mobilidade e transporte, capital humano (habilidade para atrair talentos) e economia.

Veja o ranking das top 20:

Tóquio –  Londres – Nova York  – Zurique –  Paris – Genebra – Basel-  Osaka – Seul – Oslo – Filadélfia -Los Angeles – Dallas – Copenhagen Eindhoven – Amsterdã – Sidney – Estocolmo – Chicago – Baltimore

Veja mais sobre Nova York  e Londres

Os piores colocados e o Brasil

A cidade de Santo Domingo, na República Dominicana, foi a última colocada do ranking, ficando em 135º, com níveis muito baixos em transporte, tecnologia, capital humano e economia.

A instituição destacou que, entre as últimas posições estão, em sua maioria, cidades brasileiras – todas com posições abaixo do 100º lugar (muito próximas à última colocação). Foram elas: Salvador (127º), Porto Alegre (128º), Belo Horizonte (129º), Brasília (131º), Recife (132º) e Fortaleza (133º). São Paulo e Curitiba se sairam um pouco melhor, estando nas posições 94 e 97, respectivamente.

Cidades brasileiras ficam entre piores de ranking mundial

Além das brasileiras, as cidades latino-americanas de La Paz, na Bolívia, e Caracas, na Venezuela, também apareceram mais para o fim da lista das 135 pesqusiadas, estando em 130º e 126º lugares, respectivamente.

Veja fotos das cidades que ficaram em 2º, 3º, 4º e 5º lugar

 

Fonte: Terra

Dê sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos Viajar Juntos!

Junte-se a mais de 8,000 leitores inteligentes e receba nossas dicas imperdíveis para viajar pelo mundo. (é grátis)!